2007/05/31

Encerramento do Mês de Maria











Ao longo deste Mês de Maio, chegaram até nós, muitos ecos do Amor que os portugueses manifestam a Maria, Mãe de Jesus, sob a invocação de Nossa Senhora de Fátima.

Nos Cerejais, por exemplo, pequena aldeia transmontana da freguesia de Alfândega da Fé, a despedida do Mês de Maio, trouxe ao Santuário do Imaculado Coração de Maria, milhares de peregrinos que encheram as ruas da aldeia. Na noite do último Domingo de Maio, com a oração do Rosário solenizado com Cânticos e com a meditação dos mistérios feita pelo P. Antunes, os peregrinos rezaram e cantaram os louvores à Mãe de Deus. Á semelhança do que acontece em Fátima, saíu o andor de Nossa Senhora de Fátima com os Pastorinhos, do Santuário em direcção à Igreja do lugar, em procissão de velas, ao som de cânticos e contemplando ao longo do percurso quadros vivos relacionados com as aparições do Anjo e de Nossa Senhora em Fátima. O espírito de oração e o silêncio vivido ao longo do percurso encantou o coração de todos os paricipantes.
No Domingo, de manhã, na Igreja foi rezado de novo o Rosário, e de seguida, iniciou-se a procissão de regresso ao Santuário, com a imagem de Nossa Senhora de Fátima e dos Pastorinhos. Aqui teve lugar a Eucaristia presidida pelo Rev.mº Sr. Bispo de Bragança e concelebrada por mais seis sacerdotes. No fim da Eucaristia, realizou-se a procissão do adeus à Virgem que, depois de ter abençoado os presentes, recolheu à Igreja do Santuário, entre cântcos da assembleia, sustentados pelo côro de Santa Maria da Feira que se deslocou aos Cerejais, para enriquecer a Liturgia de Domingo de Pentecostes que coincidiu com esta cebração e manifestação de amor a Nossa Senhora.

«Ideias. com» dá este belo testemunho e coloca este espaço aberto a outros testemunhos que engrandeçam ainda mais o que foi a vivência mariana pelas paróquias e lugares de Portugal.

1 comentário:

Cabral-Mendes disse...

Temos de defender este nosso País da deriva ateia e maçónica que actualmente nos invade. Mais uma vez...

Precisamos, de novo, de um Gomes da Costa que traga ao povo português um outro esplendor para Portugal, um Portugal renovado na Fé Católica, no respeito pelas suas raízes culturais e religiosas, no qual se possa expressar sem peias o nosso amor a Jesus e a Sua Mãe Maria Santíssima!

Mês de Maio, Mês Sagrado em Portugal!