2007/02/20

Festa da Beata Jacinta Marto


A vida da bem-aventurada Jacinta, a pastorinha que viu Nossa Senhora, constitui uma autêntica ilustração da mensagem e da espiritualidade de Fátima.

A mística espiritual da pequenina Jacinta é uma mística e uma espiritualidade do amor pelos pecadores, pela Igreja e sobretudo pelo Santo Padre.

Os pastorinhos: Jacinta de 7 anos, e seu irmão, Francisco de 9 anos, configuram duas dimensões fundamentais da experiência cristã: a contemplação e o amor, e aqui está o núcleo essencial do mistério de Fátima. Na escola de Maria, os dois percorreram muito rapidamente o caminho da maturidade humana, que é a vivência da santidade.

Toda a Congregação se alegra e rejubila pelo facto de ter como primeira reparadora a pequenina Jacinta e de seguir o caminho que ela nos deixou: oração de silêncio e de adoração, o amor pela Igreja e pelos pecadores e o sacrifício de reparação de uns pelos outros.

Ideias.com, como não podia dixar de ser, está unido, partilha desta missão e quer levar bem longe esta mensagem e, por isso, convida os seus amigos e leitores a expressar os seus sentimentos através deste espaço.

4 comentários:

Anónimo disse...

Antes de ler o vosso blog, já me tinha lembrado que hoje era a festa da Jacintinha e do Francisquinho. Apesar de ser um dia de "folia", não podemos deixar de ter presente a mensagem que eles nos deixaram de amor a Deus, à Mãe do Céu e ao próximo. Tendo em conta também a mensagem do Papa Bento para a Quaresma e a exemplo dos nossos Beatos, que Cristo crucificado nos ajude a amar os irmãos. Míriam

Cabral-Mendes disse...

Penso, por vezes, nos Pastorinhos, que tiveram a desdita de viverem a sua infância nesse Portugal terrível da I República, ateia e maçónica, intolerante, preconceituosa, violenta (ao ponto de destruir, à bomba, a (primitiva) Capelinha das Aparições de Fátima), num Portugal cheio de miséria, sem horizontes, sem esperança, e que apenas começou a sua regeneração a partir de 1926.

Por outro lado, os simples Pastorinhos tiveram a maior das Graças: viram a Virgem Maria em todo o seu esplendor!

Hoje, eles são os nossos medianeiros entre este Mundo (dominado pelas Trevas), e a Luz salvífica de Deus.


Apesar de todo o Mal que avança nesta Terra, Mal esse que parece aumentar à medida do avanço tecnológico e científico (o qual é posto ao serviço desse mesmo Mal), confiemos na Palavra do doce Jesus: “No mundo tereis tribulações; mas, tende confiança: Eu já venci o mundo.” (Jo 16, 33).

Pe. Vítor Magalhães disse...

Deviam ser considerados protectores das crianças,..

Anónimo disse...

Me chamo Jacinta Aparecida Pereira Cardoso e tenho uma irmã Lúcia e um irmão Francisco porque minha mãe tinha muita devoção com Nossa Senhora de Fatima e os três pastorinhos, por isso pôs os nomes deles em nós.Tenho muita fé e orgulho pelo nome que carrego.Obrigada. Jacinta