2006/12/30

Ano Novo 2007

Anda o seu nome lembrado
Ninguém o pode esquecer
Por tudo quanto foi dado
Ao seu cuidado escrever.

Por tudo quanto escreveu
Sobre o Milagre do Céu.

Não assistiu às visões
Dos Pastorinhos da Serra
Entre os divinos clarões
Que assombrariam a terra.

Mas fez a história primeira
Da Virgem Mãe da Azinheira.

Na mais devota humildade
Com toda a fé, sem temer
Buscou em tudo a verdade
Para a verdade vencer.

E tudo pôs hora a hora
Nas mãos de Nossa Senhora.

Sobre o planalto da esp’rança
Paira o seu vulto não passa
Quem fez da pena uma lança
Em prol da Virgem da Graça.

Deus tenha agora a seu lado
O seu cantor e soldado.

Ao entoar este hino da autoria de Monsenhor Moreira das Neves, cantamos jubilosamente ao
P. Formigão.
No dia 1 de Janeiro comemoramos os 124º aniversário do seu nascimento.
Se visitar a nossa página pode encontrar mais informação sobre o "Apóstolo de Fátima".
Queira aproveitar este espaço e comente enriquecendo-nos a todos.

3 comentários:

Nezo disse...

Adorei o teu blog!
Tambem fiz uma postagem dedicado ao ano novo!
> www.nezothb.blogspot.com

Cabral-Mendes disse...

Cono disse, em artigo publicado no "Dies Domini", "E nós, o que somos senão Seus Filhos, apaixonados pela Mãe Santíssima? Rendidos à Sua Beleza e Bondade?! Precisamente Aquela de quem eu poderia dizer, parafraseando a passagem de São Lucas: Ó Mãe, que te dignaste pôr os olhos na humildade do teu servo!"

Um Bom Ano de 2007, Queridas Irmãs!

Cabral-Mendes

Sara Lima disse...

Ontem no encontro dos leigos ficamos a conhecer um bocadinho mais o P. Formigão, e a sua grande força e determinação... já quase no fim do encontro foram distribuidos pequenos papeis com pensamentos... o meu dizia.. "A medida de amar a Deus é ama-Lo sem medida...."
peço a ajuda do P. Formigão..para também na minha vida,... possa seguir este exemplo...

Sara Lima